• Prev
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus - Ministério Resgatar, realizou, ...
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus Central - Ministério de ...
Vassouras/RJ - A Igreja Metodista em Andrade Costa, realizou, no dia 10 de Novembro ...
Paraíba do Sul/RJ - No dia 27 de Outubro de 2018, o Projeto Café ...
Rede Vipgospel - todas logos

Dia 14 de maio entrou para o calendário mundial quando, em 1948, o Estado de Israel foi declarado independente e voltou a ser contado entre as nações após quase dois mil anos. Nenhum outro país da terra tem história similar.

Setenta anos depois, os Estados Unidos e pelo menos outros 4 países (República Checa, Guatemala, Honduras e Paraguai) estão mudando suas embaixadas para Jerusalém, após reconhecerem a cidade como a legítima capital de Israel.

Até o momento, o governo Michel Temer tem mantido a mesma posição de Lula e Dilma Rousseff, fazendo com que o Brasil siga as orientações da ONU/ UNESCO e se alinhando aos países islâmicos nas votações em desfavor de Israel nesses órgãos.

Mesmo assim, diversos líderes judeus e cristãos estão pedindo que o Brasil também transfira a sua embaixada de Tel Aviv para Jerusalém e reconheça a cidade como “capital eterna” de Israel.

Conselho Apostólico
O Conselho Apostólico Brasileiro (CAB), que reúne lideranças de diversas igrejas e denominações evangélicas, publicou uma carta-aberta. Assinado pelo pastor Arles Conde Marques, o documento tem o apoio de todos os membros do CAB, incluindo Dawidh Alves, Ebenézer Nunes, Francisco Maia Nicolau, Hudson Medeiros, Jesher Emílio Cardoso, Joaquim José Silva Jr., Luiz Scultori, Neuza Itioka, Paulo Tércio Lopes Silva, Paulo de Tarso Cavalcante Fernandes, Rinaldo Seixas Pereira, Sinomar Fernandes Silveira e Valnice Milhomens.

A carta lembra que foram feitas tentativas no passado, junto a José Serra e Aloysio Nunes, os dois chanceleres do Brasil no atual governo, para que fosse “revista a posição brasileira em votações na ONU/UNESCO, que insistem em não reconhecer os inegáveis vínculos dos judeus e cristãos com o Monte do Templo, com a Cidade Velha de Jerusalém e com o Muro das Lamentações”

Remetendo à atuação de Osvaldo Aranha, que “presidiu a memorável sessão da ONU em que o povo judeu teve reconhecido o direito de erguer na Terra de seus antepassados, o moderno Estado de Israel”, o Conselho acredita que o aniversário de 70 anos é “uma oportunidade propícia para que também possamos reconhecer que Jerusalém é a capital indivisível do Estado de Israel e, como nação, possamos assentar a nossa embaixada, fazendo parte das nações bem-aventuradas que, sobre a pátria judaica e sobre o povo judeu, estendem mãos pacíficas e reconhecem seu direito de autodeterminação para assim lhe abençoarem”.

Afirmando que esse é o desejo da maioria dos cristãos brasileiros, que tem uma ligação com Israel pela pessoa de Jesus Cristo, a intenção dos líderes evangélicos é levar em mãos uma cópia do pedido ao presidente Temer nos próximos dias.

Associação Sionista
A Associação Sionista Brasil-Israel (ASBI), formada por judeus conservadores, também está se posicionando publicamente a favor da mudança. O texto que acompanha o abaixo-assinado lançado por ele no site de petições Change.org, diz: “Este manifesto expressa o anseio dos milhares de judeus e dos milhões de cristãos residentes no Brasil, em ver este governo reconhecer a cidade de Jerusalém como capital do Estado de Israel, bem como, transferir e estabelecer a sede da Embaixada do Brasil para a Cidade de Davi”.

O material afirma também que “judeus e cristãos brasileiros de várias matizes, esperam ainda nesta gestão governamental, um ato de bravura, coerência, lucidez e inteligência, que prefira estar ao lado de um país amigo e que está sempre disposto a nos ajudar”.

Comunidade Internacional
A Comunidade Internacional Brasil & Israel (CIBI), organização que constantemente atua pela melhoria nas relações dos dois países, também é favorável à mudança da embaixada brasileira.

Liderada pela pastora Jane Silva, a CIBI está oferecendo a “Medalha Israel 70 anos” a diferentes personalidades. A entrega será em novembro deste ano, em Jerusalém.

A líder religiosa lembra da profecia de Zacarias 8:3: “Assim diz o Senhor: Estou voltando para Sião e habitarei em Jerusalém. Então Jerusalém será chamada Cidade da Verdade, e o monte do Senhor dos Exércitos será chamado monte Sagrado”. Conforme destaca, “Só com a verdade é que podemos ver Jerusalém como a “cidade da Paz”, que é o significado de seu nome”.

Jane defende que “os países do mundo que reconhecerem a verdade serão abençoados por Deus, conforme Ele prometeu em Gênesis 12, aquele que abençoa o povo judeu será abençoado. E como o Brasil precisa da benção de Deus hoje!”. Ela destaca que pretende levar um grande número de brasileiros para o evento no final do ano. Mais informações sobre a viagem podem ser obtidas pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Lideranças políticas
Entre os políticos que receberão a medalha está Jair Bolsonaro. Conhecido defensor de Israel, até o momento ele foi o único dos presidenciáveis que se pronunciou publicamente sobre o assunto.

Em dezembro de 2017, poucos dias após o anúncio dos EUA, assumiu o compromisso público que, caso se torne presidente, Jerusalém será a primeira cidade que visitará oficialmente fora do país e mudará para lá a embaixada do Brasil.

O deputado federal Ezequiel Teixeira (Pode/RJ), emitiu nota dizendo “Como parlamentar e pastor, rogo ao presidente Temer que o Brasil estabeleça sua embaixada em Israel, na cidade de Jerusalém. Israel possui o respeito e admiração de todo Cristão por defender os bons princípios e os valores da família. Na Câmara sigo lutando por Israel“.

Já o deputado Victório Galli (PSL/MT) foi o primeiro a pedir a mudança da embaixada no Congresso. Mesmo antes do anúncio de Trump, ele disse em discurso no Plenário: “Mudemos a embaixada para Jerusalém e paremos de tentar deslegitimar o Estado de Israel e sua capital. É hora de voltarmos a dar exemplo ao mundo”.

Fonte: Gospel Prime

Visitas no Site

0011772681
HojeHoje712
OntemOntem774
Esta SemanaEsta Semana2216
Este MêsEste Mês8954
Todos os diasTodos os dias11772681

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 325 visitantes e Nenhum membro online

Mais lidas

Adolfo Roitmam, o ...
A revista Veja ...
O primeiro-ministro ...
O Governo socialista ...
O testemunho de ...
Com seis ...
Mais de 60 chefes de ...
O Conselho de ...