Rede Vipgospel - todas logos
  • Prev
Vassouras/RJ - Com a presença de vários convidados e visitantes, a ...
Vassouras/RJ - No dia 18 de maio de 2019, a Igreja Metodista em Andrade Costa, ...
Três Rios/RJ – O Asilo Carlota Pereira Louro, realizou, no último ...
Paraíba do Sul/RJ -  A Paixão de Cristo voltou a ser encenada ...

Resultado de imagem para Samsung quer criar câmera “oculta” atrás do display

Se você é da turma que não gosta muito dos notches presentes nos smartphones mais modernos, e também não está curtindo muito os buraquinhos no canto do display que acomodam a câmera frontal no lugar do recorte central, saiba que a Samsung está com você nessa.

Para a empresa, a próxima grande inovação a chegar ao mercado mobile são as câmeras ocultas sob a tela, que permitirão displays que efetivamente tomarão conta de toda a parte frontal dos aparelhos. E, de acordo com um executivo da marca, essa possibilidade deve se tornar real em alguns anos.

Segundo Yang Byung-duk, vice-presidente de pesquisa e desenvolvimento móvel da Samsung, a chave para isso está na tecnologia de displays e não de câmeras. É algo em que a marca já está trabalhando, na busca por encontrar uma forma de criar um buraco invisível para o sensor, sem que isso afete a qualidade das imagens capturadas nem a exibição dos pixels do próprio display.

Que tipo de alterações na fabricação das telas ou sensores precisariam serem feitas ainda fica a ver, mas para o executivo, essa é a grande corrida do mercado de celulares para os próximos anos. O setor, por exemplo, já chegou a soluções capazes de esconder outros componentes e até mesmo alto-falantes sob o display, com as câmeras, agora, sendo o último obstáculo a ser vencido.

A LG, por exemplo, já possui uma tecnologia em que o próprio display OLED funciona como uma caixa de som, algo que pode ser visto no G8 ThinQ. Algo semelhante, afirmou Yang, também está em fase final de experimentos pelas mãos da Samsung, devendo chegar ao mercado em breve com o nome de Sound on Display. E aí, então, resta apenas o desafio final.

A vitória sobre ele deve acontecer em, no mínimo, dois anos, segundo o diretor de pesquisa e desenvolvimento, com os primeiros aparelhos resultantes chegando ao mercado apenas depois disso. Yang, ainda assim, se mostrou confiante e disse que a Samsung está na vanguarda dessa onda, que já está representando as maiores inovações vistas no setor mobile nos últimos anos.

Com informações de www.msn.com

Visitas no Site

0011954787
HojeHoje1488
OntemOntem2655
Esta SemanaEsta Semana1390
Este MêsEste Mês39030
Todos os diasTodos os dias11954787

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 76 visitantes e Nenhum membro online