• Prev
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus - Ministério Resgatar, realizou, ...
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus Central - Ministério de ...
Vassouras/RJ - A Igreja Metodista em Andrade Costa, realizou, no dia 10 de Novembro ...
Paraíba do Sul/RJ - No dia 27 de Outubro de 2018, o Projeto Café ...
Rede Vipgospel - todas logos

Recentemente, Eyshila participou do programa de entrevistas “Promessas no G1” onde falou sobre seu casamento e sua família. Ela deu detalhes sobre sua história de amor e contou sobre os momentos mais difíceis de sua vida.

Entre eles o período em que ajudou o marido a superar a dependência química e como o casal sofreu pela perda do filho. A cantora revelou que conheceu o marido na igreja e não imaginava que ele poderia ter problemas com drogas.

“Eu tinha 17 anos quando me apaixonei por um homem da igreja, filho do pastor, e no decorrer do namoro eu descobri que ele era viciado em cocaína e maconha”, relembra. Segundo ela a luta foi muito grande, e mesmo assim decidiram se casar.

O casamento de quase 23 anos “sobreviveu a muitas tempestades”, afirma. “O primeiro ano de casamento foi muito difícil, muitos desistiriam, mas eu acreditei na promessa de Deus”, explica a cantora. Ela ressalta que disse ao marido “eu creio num Deus que opera em nós o querer e o realizar”.

Ela conta também que, na ocasião, decidiu esquecer que o marido era um viciado, e passou a amá-lo incondicionalmente. “Se o amor não curar, não são os gritos, a confusão dentro de casa, nem o ódio, a rejeição ou o dedo acusando que vai resolver a situação”, revelou.

Ao ser questionada sobre qual conselho ela daria para as mulheres que enfrentam esse tipo de situação, Eyshila respondeu: “Eu sei que é difícil. Mas você precisa entender que antes de ser esposa, você é filha de Deus. E os olhos de Deus estão sobre a sua vida também”.

E complementa dizendo: “Às vezes, Deus não nos tira da situação, mas Ele nos fortalece durante o processo. O amor tem que prevalecer sobre todas essas coisas. E eu louvo a Deus porque lá em casa o amor venceu”.

“Mestre, o vento balançou meu barco”
Depois de cantar a música “Posso clamar”, Eyshila falou sobre a perda de seu filho. “Eu sei que Deus cura quando ele quer. Mas o nosso papel é orar, não é adivinhar o que Deus quer. O Mateus é um milagre que Deus levou”.

A cantora revela que gostaria de ter o filho ao lado dela. “Eu queria que ele estivesse aqui contando para vocês ‘Deus me curou’, mas o Espírito Santo falou ao meu coração: dessa vez o milagre não é o Mateus, dessa vez o milagre é você”, relembra.

Falando sobre a “brevidade da vida” e sobre “o que realmente tem valor”, Eyshila destaca que quando se está dentro de um hospital tudo o que se quer é estar ao lado de quem a gente ama. “Nada mais importa, nem as contas, o carro, a casa ou os sonhos materiais”, ela diz. E reforça “agora meus sonhos são muito mais ligados às pessoas do que às coisas, porque agora, eu entendo muito mais do que antes, qual é o valor de uma vida”, conclui.

EYSHILA | PROMESSAS NO G1 | ENTREVISTA COMPLETA

Fonte: Gospel Prime

Visitas no Site

0011772695
HojeHoje726
OntemOntem774
Esta SemanaEsta Semana2230
Este MêsEste Mês8968
Todos os diasTodos os dias11772695

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 346 visitantes e Nenhum membro online

Mais lidas

Adolfo Roitmam, o ...
A revista Veja ...
O primeiro-ministro ...
O Governo socialista ...
O testemunho de ...
Com seis ...
Mais de 60 chefes de ...
O Conselho de ...