• Prev
Itaipava/RJ - Aconteceu, nos dias 17 e 18 de Dezembro de 2018, no Centro de ...
Paracambi/RJ - Com a finalidade de capacitar Líderes para o trabalho no Reino de Deus, ...
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus de Cantagalo, realizou, nos dias 07 ...
Paraíba do Sul | Três Rios/RJ: No último domingo, 09 de dezembro de 2018, ...
Rede Vipgospel - todas logos

Desde que foi anunciada como futura titular do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos do governo Jair Bolsonaro, Damares Alves vem sendo criticada por setores da imprensa. Nos últimos dias virou “meme” nas redes sociais por causa de um vídeo editado do seu testemunho, onde ela conta que viu Jesus quando tinha 10 anos.

Durante entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, nesta quinta-feira (13), a pastora e advogada de 54 anos disse não se importar com as brincadeiras com seu nome, mas que pedofilia é um assunto muito sério.

Ela explicou que a porção do vídeo que viralizou é apenas parte do relato original. Damares explicou que foi vítima de pedofilia entre os 6 e os 8 anos nas mãos de um tio. Aos 10, estava prestes a tirar a própria vida, cansada dos abusos sexuais que sofreu. Pegou veneno e subiu em um pé de goiaba, onde pretendia se matar.

“[O abusador] me convenceu de que eu era a culpada, eu achava que Deus estava bravo comigo e, por ser uma menina cristã, era uma dor muito grande pela qual eu achava que não conseguiria passar. Eu queria morrer”, lembra Damares.

Contudo, naquela goiabeira nos fundos de sua casa, teve uma visão de Jesus, que a aconselhou a não fazer aquilo. “De ontem para hoje, virei alvo de piadas porque tive coragem de contar que uma menina de 10 anos, machucada, tinha como amigo imaginário o ser superior da vida dela, que é Jesus. Eu o vi, e foi ele que me impediu de me matar”, revelou no programa.

Disse ainda que foi a experiência transformou sua vida. “Desci daquele pé de goiabeira diferente, me tornei pastora, advogada e agora ministra. Eu venci a pedofilia”, destaca.

Falando sobre seus projetos enquanto ministra, assegurou que irá trabalhar em defesa da vida de mulheres e crianças, para que ninguém mais sofra os mesmos abusos que sofreu na infância.

“Essa é uma nação que abusa de mulheres. Venho para esse ministério como uma menina sobrevivente, querendo que nenhuma outra precise do pé de goiaba. Aos abusadores de crianças: a brincadeira no Brasil acabou. O governo Bolsonaro vem para proteger a infância. Nós vamos enfrentar este mal”, asseverou.

Assista AQUI

Fonte: Gospel Prime

 

Visitas no Site

0011800638
HojeHoje6
OntemOntem358
Esta SemanaEsta Semana1305
Este MêsEste Mês5881
Todos os diasTodos os dias11800638

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 238 visitantes e Nenhum membro online

Mais lidas

Aos 27 anos, Eduardo ...
As sementes levadas ...
Nesta segunda-feira ...
Nesta segunda-feira ...
Sem acerto para a ...
O cantor Anderson ...
Pela segunda vez em ...