• Prev
Itaipava/RJ - Aconteceu, nos dias 17 e 18 de Dezembro de 2018, no Centro de ...
Paracambi/RJ - Com a finalidade de capacitar Líderes para o trabalho no Reino de Deus, ...
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus de Cantagalo, realizou, nos dias 07 ...
Paraíba do Sul | Três Rios/RJ: No último domingo, 09 de dezembro de 2018, ...
Rede Vipgospel - todas logos

Imagem relacionada

Às vezes encontramos soluções onde menos esperamos. É o momento de dar uma olhada profunda nos hábitos alimentares de sua vida, e certamente essa reflexão ajudará você a comer corretamente.

Aprenda a comer bem sem pensar em uma dieta estrita, onde depois de eliminar os quilos que você tinha a mais, deixa de se alimentar de maneira equilibrada e saudável. Neste momento, é onde você deve avaliar seus hábitos alimentares.

Aprenda a comer corretamente sem depender de um plano restritivo de alimentação, que lhe indique o que, e como planejar suas refeições. Isso realmente depende do seu desejo de levar uma vida saudável. Se trata de uma questão do dia a dia, que não pode se tornar um castigo.

Em outras palavras, comer corretamente é um estilo de vida no qual, naturalmente, haverá espaço para satisfazer os seus gostos, embora sejam poucos saudáveis. Em seguida, vamos dizer-lhe como você pode mudar alguns hábitos para começar esta nova etapa.

Aprenda a comer corretamente seguindo esses passos

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças desenvolveu um guia para melhorar os hábitos alimentares. Estabeleceram-se três enfoques para efetuar a mudança com sucesso: refletir, substituir e reforçar.

Refletir sobre seus hábitos alimentares, quer sejam bons ou ruins. Trata-se de entender como você adquiriu esses hábitos que lhe levaram a comer de um modo pouco saudável.
Substitua esses maus hábitos e aprenda a comer aplicando práticas, que motivem você a se alimentar de forma saudável.
Reforce o que você aprendeu, para não repetir os erros do passado.
É um processo lento, mas seguro. No estágio de reflexão, existem alguns passos que você deve seguir para ter consciência de como agiu, e o que lhe levou a querer gerar uma evolução em suas práticas alimentares.

1. Elabore uma lista de todos os seus hábitos alimentares
Em primeiro lugar, a ideia é pegar um caderno e começar um diário alimentar onde você coloca o que come, a que horas, como combina seus alimentos, qual é a sobremesa, etc…Isso ajudará você a detectar quais são os passos em falso que tem dado.

2. Sublinhe os hábitos que considera ruins
Sem dúvida, eles são aqueles que levam você a não comer corretamente ou muito mais do que o que você necessita. Por exemplo: não mastigar, comer rápido, pular refeições, comer em pé, ou vendo algum dispositivo tecnológico, comer quando não tem fome, entre outros.

3. Atenção aos hábitos poucos saudáveis
Nesse sentido, o objetivo é detectar quais são os fatores que levam você a incorrer nessas práticas ruins. Neste processo você também encontrará os bons passos que você deu, por exemplo: beber leite desnatado, ou comer frutas na sobremesa.

4. Faça uma lista dos fatores desencadeantes
Desta forma pode saber quando e onde você come de maneira inadequada. Por exemplo: não fazer atividade física, comprar sempre seus petiscos preferidos, não planejar seus pratos diários, pensar que a comida vai elevar seu ânimo, para citar alguns.

5. Sublinhe ou circule os fatores mais frequentes
Sobretudo se você visitar seus pais, sair com amigos, ou não saber o que comer durante as principais refeições. O importante é que você os identifique, para regulá-los apropriadamente.6. Responda as seguintes perguntas
O que posso fazer para evitar essa situação? Neste ponto você saberá como iniciar a mudança. Identificará o que fazer para não seguir cometendo os mesmos erros.
Você pode fazer algo diferente que lhe permita escolher opções mais saudáveis? Nem sempre se podem escolher caminhos diferentes.
Certamente, o importante é estar ciente desses processos, e tomar a maior quantidade de previsões possíveis. Por exemplo, você certamente pode participar dessas atividades com seus lanches ou refeições, ou sentar-se longe das sobremesas. Tudo isso faz parte da mudança de hábitos.

Substituir é uma questão de consciência
Se você chegou ao estágio da substituição, é porque você já passou por um caminho árduo de reflexão, onde detectou que coisas ruins levaram você a comer de uma maneira pouco saudável.

Seja como for, agora você deve começar adquirindo novas práticas.

Aprenda a comer mais devagar
Coma quando você realmente está com fome.
Identifique quais alimentos você pode adicionar aos seus menus.
Planeje seus menus semanais.
Leve em conta os lanches.

Reforçar para não fraquejar
Quando você se identifica com seus novos hábitos, comer corretamente se torna espontâneo e agradável. Lembre-se de que os costumes são reforçados com a prática diária.

A princípio, isso vai custar caro porque você mudou os hábitos que aprendeu em sua infância.

Aprenda a comer usando a paciência. Quando sentir que está retornando à uma prática pouco saudável, pare, respire e corrija.

Em conclusão, volte a perguntar-se o que levou você a incorrer novamente no erro, e o que deve fazer para acertar as coisas novamente. Não há dúvida: este é um desafio que mudará sua vida para sempre.

Com informações de melhorcomsaude.com.br

Visitas no Site

0011800635
HojeHoje3
OntemOntem358
Esta SemanaEsta Semana1302
Este MêsEste Mês5878
Todos os diasTodos os dias11800635

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 224 visitantes e Nenhum membro online

7 atitudes que
A cada dia ouvimos ...
8 receitas para
Quando o assunto ...
Alimentos ricos
O ferro é um ...
Banha de porco
A gordura gera ...
Diabetes:
O diabetes é ...
'Era como um
A minha vida passou ...
DIGA NÃO.
O cristão ...
#Arte: Design
O design é a ...
#Arte: Música
Este graduado pode ...
#Beleza:
O cabeleireiro ...