• Prev
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus de Cantagalo, realizou, nos dias 07 ...
Paraíba do Sul | Três Rios/RJ: No último domingo, 09 de dezembro de 2018, ...
Paraíba do Sul/RJ - Servindo ao Senhor e Caminhando Junto a Comunidade foi o tema ...
Paraíba do Sul/RJ - A Igreja Assembleia de Deus Bela Vista realizou, no ...
Rede Vipgospel - todas logos

O esmalte, além de deixar nossas unhas bonitas, auxilia no fortalecimento e protege de agressões diárias. Mas o que a maioria das pessoas não sabe é que ele pode sim causar alergias. E hoje em dia, com tantas opções em cores e marcas, ter alergia a esmaltes é realmente lastimável!

Os principais causadores de reações alérgicas estão presentes na resina do esmalte, que têm como função dar a aderência e a durabilidade ao produto. Outro causador de reação alérgica é o tolueno (solvente da fórmula tradicional de esmaltes) e a mica (um pigmento utilizado nos esmaltes cintilantes e perolado).

A alergia ao esmalte, embora não tenha cura, pode ser controlada usando esmaltes antialérgicos ou adesivos de unha, por exemplo.

Você tem alergia a esmaltes?

Os tipos de alergia variam de pessoa para pessoa. A mais comum é a chamada dermatite de contato: uma reação inflamatória na pele, que pode ocorrer nas cutículas e também nas pálpebras, pelo contato do esmalte com a pele fina e sensível dessas regiões.

Quais os sintomas?

Para identificar a alergia ao esmalte, é importante estar atento ao aparecimento de alguns sintomas como:

  • Unhas frágeis, que lascam e quebram facilmente;
  • Pele avermelhada com bolinhas ao redor das unhas, olhos, face ou pescoço.
  • Coceira e dor na pele dos dedos, olhos, face ou pescoço.
  • Bolhas de água nos dedos.
  • Pele seca e descamativa nos dedos, olhos, face ou pescoço.
  • Em caso de alergia ao esmalte, nem todos os sintomas precisam estar presentes. Por isso, caso verifique que as suas unhas estão fracas ou quebradiças sem razão aparente, ou caso sinta vermelhidão ou coceira na pele, deve-se consultar o dermatologista logo que possível.

Lembre-se, porém, que unhas fracas e quebradiças nem sempre são sinônimo de alergia ao esmalte, podendo estar associadas a outros fatores como uso constante de unhas de gel ou devido a doenças como anemia.

Tratamento para a Alergia

Uma vez que não existe cura para a alergia ao esmalte, havendo apenas a opção de usar remédios antialérgicos que diminuem os sintomas, existem algumas dicas e alternativas que podem ajudar a evitar a alergia como:

  • Trocar de marca de esmalte, pois a alergia pode ser a certos componentes de marcas específicas.
  • Usar removedor de esmalte hipoalergênico, nunca acetona, pois esta pode agravar a reações de alergia na pele, podendo mesmo ser irritante para a pele.
  • Utilizar esmaltes sem Tolueno ou Formaldeído, os principais químicos causadores da alergia ao esmalte;
  • Utilizar esmaltes hipoalergênicos ou antialérgicos, feitos sem substâncias que possam causar reações de alergia.
  • Usar adesivos para unha para decorar a unhas, ao invés de esmalte.

Medicação para Alergia a Esmaltes

O tratamento para alergia a esmalte de unha ou dermatite de contato é feito através de medicações para controlar as lesões, como em qualquer outra alergia.

Caso seja confirmada a alergia, o médico poderá então iniciar o tratamento com remédios antialérgicos (como Loratadina ou Allegra), ou com corticoides (como Betametasona), que servem para aliviar os sintomas da alergia. Estes remédios podem ser usados na forma oral em comprimidos, ou na forma de pomada para aplicar diretamente na pele.

Esmaltes Hipoalergênicos

A fórmula dos hipoalérgicos foi criteriosamente elaborada para garantir saúde, beleza e bem-estar ao público feminino. Essa linha de produtos se diferencia das demais porque apresenta uma menor quantidade de substâncias químicas, em especial o tolueno e o formaldeído, dois componentes que podem causar irritações e alergia. Os esmaltes hipoalergênicos possuem fórmula enriquecida com cálcio, durabilidade e secagem rápida.

Algumas sugestões de produtos que possuem a opção hipoalergênicos ou não causam alergia:

  • Esmalte Risqué
  • Base Mavala
  • Removedor de Esmalte Impala
  • Esmalte Hipoalergênico Impala

Algumas pessoas mais sensíveis podem apresentar reações alérgicas mesmo aos esmaltes hipoalergênicos, pois hipoalergênico não significa estar 100% dos alérgicos. A leitura atenta de rótulos dos esmaltes é sempre recomendada. É interessante ficar de olho na composição de bases e removedores de esmalte. Unhas acrílicas também podem provocar alergia.

Fonte: belezaesaude.com

Visitas no Site

0011789526
HojeHoje301
OntemOntem641
Esta SemanaEsta Semana2196
Este MêsEste Mês10391
Todos os diasTodos os dias11789526

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 101 visitantes e Nenhum membro online