• Prev
Três Rios/RJ - A Rádio Melodia em comemoração aos seus 30 ...
Paraíba do Sul/RJ - No dia 14 de Julho de 2018, a Igreja Pentecostal Deus ...
Paraíba do Sul/RJ - Jovens da Igreja Evangélica Apascentar em Cristo, que tem ...
Três Rios/RJ -  Com a participação de vários cantores, ...
Rede Vipgospel - todas logos

O avanço da idade também influencia na fertilidade masculina. A partir dos 40 anos os níveis de testosterona começam a diminuir cerca de 1% ao ano. Já a produção diária de espermatozoide permanece relativamente constante, mas a motilidade espermática cai cerca de 7% ao ano, impactando também no volume da ejaculação, que também diminui à medida que a idade avança.

Outro ponto importante neste processo é a fragmentação do DNA do espermatozoide que aumenta com a idade, o que dificulta a gravidez espontânea e também pode impactar no procedimento para a reprodução assistida. Os efeitos dessas mudanças na fertilidade do homem são difíceis de avaliar, já que a disfunção erétil, a frequência decrescente da relação sexual e a idade também podem afetar a fertilidade do casal

Para se ter uma ideia os bancos de sêmen, por exemplo, não aceitam doadores com idade superior a 50 anos no Brasil. Sabe-se que, à medida que os homens envelhecem, a sua fertilidade diminui em menor grau do que acontece com as mulheres.

O controle de qualidade durante a produção de espermatozoide é severa à medida que os homens envelhecem, pois as alterações genéticas tendem ocorrer mais frequentemente. As anormalidades cromossômicas do espermatozoide aumentam especialmente entre os cromossomos sexuais X e Y, que podem ser transmitidos para os filhos. As mutações genéticas únicas ocorrem no DNA do espermatozoide e isso causa doenças raras.

Mesmo após a concepção bem sucedida, a idade paterna tem sido associada a outros problemas de gravidez. As taxas de aborto espontâneo são duas vezes mais comuns em parceiros com idade igual ou superior a 50 anos. Os partos prematuros (menor a 32 semanas) e as mortes fetais são duas vezes maiores em idade comparada aos pais mais jovens. Assim, a idade do parceiro também pode influenciar o eventual sucesso da gravidez.

Além dos distúrbios genéticos únicos na descendência, vários outros distúrbios complexos e falhas congênitas também foram associados à idade paterna com um risco global estimado de 20% ao longo do envelhecimento dos homens. É importante salientar que existem evidências sólidas de que ser um pai mais velho leva a um aumento em várias doenças adultas nos filhos. Esses distúrbios cognitivos incluem esquizofrenia (5 vezes maior), autismo (4 vezes maior), transtorno bipolar (2 vezes maior) e distúrbios do déficit de atenção (2 vezes maior).

Para cada paciente que procura a reprodução humana é importante integrar os quadros clínicos do homem e da mulher. Por isso, é muito importante não perder tempo e fazer uma avaliação em conjunto, pois essa unidade é extremamente importante para a eficácia do resultado.

Fonte: Minha Vida

 

Visitas no Site

0011722022
HojeHoje153
OntemOntem242
Esta SemanaEsta Semana1385
Este MêsEste Mês9326
Todos os diasTodos os dias11722022

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 116 visitantes e Nenhum membro online

7 atitudes que
A cada dia ouvimos ...
8 receitas para
Quando o assunto ...
Alimentos ricos
O ferro é um ...
Banha de porco
A gordura gera ...
Diabetes:
O diabetes é ...
'Era como um
A minha vida passou ...
#Arte: Design
O design é a ...
#Arte: Música
Este graduado pode ...
#Beleza:
O cabeleireiro ...
#Beleza: Designer
A profissão ...