• Prev
Itaipava/RJ - Aconteceu, nos dias 17 e 18 de Dezembro de 2018, no Centro de ...
Paracambi/RJ - Com a finalidade de capacitar Líderes para o trabalho no Reino de Deus, ...
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus de Cantagalo, realizou, nos dias 07 ...
Paraíba do Sul | Três Rios/RJ: No último domingo, 09 de dezembro de 2018, ...
Rede Vipgospel - todas logos

Resultado de imagem para seringa e coisas de medico

Níveis altos ou baixos de TGO e TGP podem ter várias causas. As principais doenças que causam elevação das transaminases (TGO e/ou TGP) são:

Necrose aguda de células do parênquima, que pode ocorrer principalmente por:
Hepatites virais (elevação de 20 a 100 vezes);
Hepatite alcoólica;
Hepatite medicamentosa (lesão do fígado por drogas e medicamentos - geralmente paracetamol);
Congestão:
Hepatite isquêmica;
Câncer hepático primário ou metastático;
Cirrose hepática;
Esteato-hepatites;
Doenças musculares;
Infarto agudo do miocárdio;
Pancreatite aguda;
Injúria intestinal (cirurgia, infarto);
Injúria por irradiação local (radioterapia);
Infarto pulmonar;
Infarto cerebral;
Anemia hemolítica;
Queimaduras;
Eclâmpsia.
​​Mais raramente, pode-se citar a doença de Wilson, a hemocromatose, a deficiência de alfa-1-antitripsina e a hepatite autoimune.

​​Aumento dos valores em até três vezes: inespecíficos. Podem significar lesão em outros órgãos que não o fígado, tais como lesões musculares e hipotireoidismo, ou lesões restritas às vias biliares. Acima de 160 U/L, indicam doença hepática, com grande probabilidade. Já aumentos acima de 1000 U/L são geralmente causadas por hepatites virais, isquêmica ou por drogas.

A diminuição das transaminases pode ocorrer:

TGO: azotemia e diálise renal crônica;
TGP: infecção do trato urinário e malignidades.
Além do valor absoluto das transaminases, outra dica é comparar a relação entre os valores de TGO e TGP (TGO/TGP) - o índice NORMAL é de 0,7 a 1,4:

Aumentado em:

Hepatotoxicidade por drogas (> 2);
Hepatite alcoólica (> 2 é altamente sugestiva, podendo chegar até 6,0);
Cirrose (1,4 - 2,0);
Colestase intra-hepática (> 1,5);
Carcinoma hepatocelular;
Hepatite crônica (levemente aumentada: 1,5)

Diminuído em:

Hepatite viral aguda (com TGO aumentada de 3 a 5 vezes o limite superior normal);
Colestase extra-hepática (normal ou levemente diminuída; 1,3)
É importante ressaltar que é possível ter uma doença hepática crônica e possuir transaminases normais. Isso é comum em indivíduos com hepatite C crônica, por exemplo. Portanto, a ausência de alterações na TGO e TGP não descarta doenças do fígado.

Um médico sempre deverá ser consultado para avaliação correta e conduta frente aos resultados de seus exames.

Com informações de medicoresponde.com.br

Visitas no Site

0011800621
HojeHoje347
OntemOntem419
Esta SemanaEsta Semana1288
Este MêsEste Mês5864
Todos os diasTodos os dias11800621

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 132 visitantes e Nenhum membro online

7 atitudes que
A cada dia ouvimos ...
8 receitas para
Quando o assunto ...
Alimentos ricos
O ferro é um ...
Banha de porco
A gordura gera ...
Diabetes:
O diabetes é ...
'Era como um
A minha vida passou ...
DIGA NÃO.
O cristão ...
#Arte: Design
O design é a ...
#Arte: Música
Este graduado pode ...
#Beleza:
O cabeleireiro ...