• Prev
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus Central - Ministério Três ...
Paraiba do Sul/RJ - Entre os dias 08 e 10 de setembro de 2018, a Igreja ...
Três Rios/RJ -  Com uma programação especial, louvores e ...
Três Rios/RJ - A Primeira Igreja Batista de Três Rios, promoveu dia ...
Rede Vipgospel - todas logos

O pastor Richard Carlos participou do programa Noite e Cia, veiculado pela Rede Super, de Minas Gerais. Sua história de vida envolve um passado de uso de drogas e também de dedicação ao ocultismo. Hoje, líder evangélico, contou como passou pelo processo de conversão religiosa.

Segundo ele, tudo ocorreu entre os 13 e 14 anos de idade com a intenção de “preencher um vazio”. “Venho de uma família muito humilde, muito simples, com muitas dificuldades”, relatou.

“Toda a família era envolvida com o ocultismo, procurando preencher o vazio, procurando uma religião, porque muitas das vezes procuramos a religião primeiro, ao invés de procurar a Cristo”, afirmou Richard.

Richard Carlos afirma que sua família também enfrentou a problemática do tráfico de drogas. Seus irmãos se envolveram com o crime cedo. Como influência, o então jovem usou o crack pela primeira vez aos 15 anos.

“Aos 18 anos, comandava 18 favelas e tinha cinco crimes para responder à justiça. Homicídio, tentativa de homicídio, contravenções penais, porte ilegal de arma, tráfico de drogas. Tudo como criança ainda”, relembrou.

O pastor afirma que tentou deixar o crime várias vezes. “Lembro que a primeira vez que eu fumei o primeiro cigarro de maconha eu estava com 13 para 14 anos e foi em uma festa de amigos adolescentes. Achei normal e dali fui conhecendo outras drogas”, contou.

Em 1998, Richard saiu de Belo Horizonte foragido da polícia. Acabou sendo preso em Sete Lagoas, quando sua situação começou a mudar. Segundo ele, seus pensamentos acerca do vazio humano continuaram.

“Lá eu comecei a refletir: ‘Meu Deus, já são vários anos batendo tambores, vários crimes, que situação é essa?’. E naquela madrugada pensei em me suicidar e acabar com a minha vida”, afirmou.

Segundo ele, mesmo outros presos pedindo para que não se suicidasse, sua intenção era de encerrar o ciclo de vida. No entanto, desmaiou e acabou por não se suicidar. Depois disso, Richard decidiu seguir a fé cristã. E seus familiares também se tornaram evangélicos.

“Quando saí daquele lugar, no dia seguinte recebi a visita do pastor da igreja e ele falou comigo as mesmas palavras que eu disse lá dentro”, relembra o líder, que abandonou bebidas e drogas.

“Estava vendo que o vazio que eu tinha a droga não preenchia, o ocultismo não preenchia, a bebida não preenchia, somente Jesus Cristo poderia preencher. Naquela noite entreguei minha vida a Jesus e já se passaram 19 anos”, finalizou.

Assista AQUI

Fonte: Gospel Prime

Visitas no Site

0011745147
HojeHoje79
OntemOntem397
Esta SemanaEsta Semana476
Este MêsEste Mês7946
Todos os diasTodos os dias11745147

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 125 visitantes e Nenhum membro online