Rede Vipgospel - todas logos
  • Prev
Paraíba do Sul/RJ - Com a presença de um grande público, que lotou as ...
Três Rios/RJ - A Festa do Milho é um evento que acontece anualmente ...
Três Rios/RJ - A Igreja Assembleia de Deus Ministério Ide, realizou, no ...
Três Rios/RJ - A Igreja Pentecostal Assembleia de Deus em Missões, comemorou, no ...

Ciência e Tecnologia

Elevador espacial

Parece uma ideia saída da ficção científica.

E, certamente, diversas obras do gênero - a começar por As Fontes do Paraíso (1979), de Arthur C. Clarke - flertaram com a possibilidade de construção de um elevador entre a terra e o espaço.

A proposta, no entanto, também foi levada seriamente em consideração por diversos cientistas desde que Kosntantin Tsiolkovski, tido como pai da cosmonáutica soviética, propôs em 1895 a construção de uma torre de 35.786 km.

O matemático Andrew Sutherland em frente a um quadro negro em que há uma série de cálculos escritos a giz

'Descobrir finalmente a solução para k=42 é muito gratificante; e, em certo sentido, confirma que tudo vai bem no mundo da matemática', afirma Andrew Sutherland, do MIT

Foram meses testando fórmulas matemáticas, sem indício algum de que o esforço daria frutos.

Por isso, quando os matemáticos Andrew Sutherland e Andrew Booker finalmente encontraram a resposta para o problema, o que sentiram foi uma verdadeira "explosão de emoção".

Crotalus catalinensis (uma cascavel sem guizo, endêmica da Ilha Santa Catalina, México)

Não são poucas as pessoas que têm o sonho de viver - ou pelo menos passar umas férias - numa ilha, ensolarada, rodeada de praias e com vegetação exuberando no interior. Mas, às vezes, é preciso ter cuidado. Um bicho que causa medo em muitos já pode estar instalado nela, rastejando ou em cima de árvores e pedras. São as cobras, que vivem em muitas delas.

Cipó-cabeludo

As epífitas - plantas que vivem sobre outras, mas sem parasitá-las, como bromélias, orquídeas, samambaias e alguns cactos - são antes de tudo resistentes e teimosas. Embora tenham sido praticamente dizimadas com a expansão e a urbanização da cidade de São Paulo, elas voltaram, desafiando o concreto e o asfalto.

Hoje há uma média de duas epífitas em cada árvore nativa ou plantada. Foi o que descobriu a bióloga Andrea Vasconcellos Crespo, numa pesquisa que realizou para seu trabalho de iniciação científica apresentado na Universidade de São Paulo (USP).

T. rex

Como um grande predador, o poderoso Tyrannosaurus rex precisava de uma forma de resfriar seu corpo.

Agora, os cientistas afirmam que dois grandes orifícios no seu crânio funcionavam como uma espécie de "aparelho de ar condicionado" interno, para ajudar o dinossauro a liberar calor.

Visitas no Site

0012166970
HojeHoje537
OntemOntem1862
Esta SemanaEsta Semana4147
Este MêsEste Mês26737
Todos os diasTodos os dias12166970

Siga-nos no Facebook

Who's Online

Temos 271 visitantes e Nenhum membro online