Rede Vipgospel - todas logos
VIP JOVEM (Santidade, Relacionamento, Guia Profissional e Drogas)
  • Prev
Quando se fala em advogado, a primeira coisa que se vem à cabeça é que algum ...
Quando o assunto é RELACIONAMENTO não dá para pular etapas e nem inverter ...
Construir, promover e preservar a boa imagem de empresas ou instituições perante o ...
Quem nunca passou por um período de dúvida com relação a alguma ...

Jackson Follmann representa a Chapecoense ao receber prêmio de Cafu no Laureus em 2018 — Foto: Getty Images

Vencedora do troféu de Melhor Momento Esportivo em 2018, a Chapecoense mais uma vez está entre as indicações do Prêmio Laureus. O clube disputa a preferência do público na mesma categoria, que nesta edição especial de 20 anos do evento reúne concorrentes inspiradores ao longo das duas últimas décadas. As demais categorias premiarão os melhores de 2019.

A premiação será no dia 17 de fevereiro, em Berlim, na Alemanha. Três rodadas de votação até o dia 16 de fevereiro definirão o vencedor. Nesta sexta-feira foi aberta no site oficial do Laureus – clique aqui para participar - a primeira fase, com 20 concorrentes. Apenas 10 seguem para a etapa seguinte, e cinco avançarão à disputa final.

Saiba quem são os 20 indicados na categoria Melhor Momento Esportivo:

1. ETERNOS CAMPEÕES (2017) - Chapecoense, Futebol
Vencedor do Momento Esportivo Laureus de 2018
Em 28 de novembro de 2016, o avião que levava o time de futebol brasileiro Chapecoense caiu a caminho de Medellín, na Colômbia, onde disputaria uma partida com o Atlético Nacional. Apenas seis dos 77 passageiros sobreviveram, entre eles, três jogadores. Em 7 de agosto de 2017, o zagueiro Alan Ruschel, que foi submetido a uma cirurgia para reparar uma lesão na medula óssea, voltou ao campo em um amistoso contra o Barcelona. Ruschel jogou os primeiros 35 minutos da partida antes de ser substituído e foi aplaudido de pé.

2. O PODER DA MENTE (2002) - Natalie du Toit, Natação
Após sofrer um acidente de trânsito, Natalie du Toit, de 17 anos, teve uma perna amputada na altura do joelho. Três meses depois, ela voltou a nadar. Um ano após volta à piscina, Natalie fez história. Nos Jogos da Commonwealth de 2002 em Manchester, ela se classificou para a final de estilo livre de 800 metros - a primeira vez que um deficiente físico se classificou para competir nas finais de importante competição internacional de natação.

3. IDADE É APENAS UM NÚMERO (2019 /2020) - Sky Brown, Skate
Sky Brown não é uma garota típica de 11 anos. Ela começou a usar o skate bem antes de aprender a andar e é a mais jovem skatista profissional do mundo. Seu extraordinário talento com o skate também a fez a mais jovem atleta olímpica em 80 anos. Ainda que adolescente, Sky mostra ter uma grande maturidade. Realiza várias atividades benevolentes, entre elas: o incentivo para meninas praticar skate. Faz doações de prêmios em dinheiro, promove a fabricação de skates cujo lucro das vendas são destinados a crianças carentes nas áreas de miséria extrema do mundo.

4. COMPANHEIROS DE LUTA (2016) - Alistair e Jonathan Brownlee, Triatlo
Na dramática final da World Triathlon Series em Cozumel, no México, Alistair Brownlee desistiu de vencer a prova para ajudar seu irmão a ultrapassar a linha de chegada. Exausto, Jonny parou na beira da estrada. Alistair, que corria confortavelmente na terceira posição, resgatou o irmão com os braços e quase o carregou pelas últimas centenas de metros. Ao final, empurrou Jonny para que ele cruzasse a linha.

5. NOS OMBROS DE UMA NAÇÃO (2011) - Sachin Tendulkar, Críquete
Em sua sexta tentativa na Copa do Mundo o lendário batedor Sachin Tendulkar levou sua equipe à vitoria. A India não vencia a competição desde 1983. Carregado nos ombros da equipe indiana, ele fez a volta olímpica no estádio de sua cidade natal em lágrimas de alegria.

6. DESAFIO DO DESTINO (2018) - Xia Boyu, Montanhismo
Vencedor do Momento Esportivo Laureus de 2019
Em 1975, Xia Boyu perdeu os dois pés após emprestar seu saco de dormir a um colega durante uma escalada do Monte Everest. Depois de também vencer uma luta contra o câncer, Xia estava determinado a nunca desistir do seu sonho de chegar ao pico do Everest e continuou tentando. Aos 69 anos, e em sua quinta tentativa, Xia Boyu tornou-se o segundo deficiente físico das duas pernas a escalar o Monte Everest e o primeiro a alcançar o topo, do lado nepalês.

7. MESMO JOGO, MESMO PRÊMIO (2007) - Estrelas do tênis feminino
Em 2007, após pressão de Venus Williams e outros, Wimbledon anunciou que as tenistas receberiam prêmios em dinheiro iguais aos dos homens. Depois que as regras finalmente mudaram, ela recebeu 1,4 milhão de dólares pela quarta vitória em Wimbledon, uma quantia igual ao do campeão masculino, Roger Federer. Este é um movimento de longa data iniciado com Billie Jean-King, ativistas como Martina Navratilova, Steffi Graf e Maria Sharapova, e é considerado uma tremenda "vitória" na igualdade feminina.

8. CIDADÃOS GLOBAIS (2016) - Equipe Olímpica de Refugiados
A primeira equipe olímpica de refugiados foi aplaudida de pé na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016. Eles caminharam atrás da bandeira olímpica, uma vez que o conflito os havia expulsado dos seus países de origem. Enquanto os atletas desfilavam, sorrindo e acenando, a multidão no estádio se colocou de pé para incentiva-los e aplaudi-los.

9. PROMESSA DE OURO (2008) - Matthias Steiner, Levantamento de peso
Antes da morte da esposa, o levantador de peso olímpico, Matthias Steiner, havia prometido a ela que conquistaria ouro em Pequim, em 2008. Ele cumpriu sua promessa. Ao receber a medalha de ouro no pódio, protagonizou uma cena de viva emoção. Sufocado pelas lágrimas, o atleta beijou a foto de sua esposa Susann. ”Eu não sou supersticioso, não acredito em poderes superiores, mas espero que Susann tenha me visto. Espero, disse ele.”

10. O APERTO DE MÃO (2005) - Freddie Flintoff, Críquete
Após um dramático Segundo Teste na temporada 2005 do Ashes, a Inglaterra finalmente triunfou sobre a Austrália, vencendo por duas corridas e pela primeira vez desde 1987. No lugar de comemorar com os companheiros de equipe, em um momento muito emocionante e icônico da vitoria, Freddie Flintoff se dirigiu ao adversário Brett Lee, em colapso no wicket final, para consolá-lo em verdadeiro espírito desportivo.

11. HOUSTON STRONG (2017) - J. J. Watt, Futebol americano
Quando o furacão Harvey atingiu Houston em 2017, cerca de 123 trilhões de litros de chuva caíram sobre o Texas e partes da Louisiana durante um período de seis dias. Estimou-se que a recuperação total poderia custar mais de US$ 200 bilhões. Ao ver sua comunidade inundada, a estrela do Houston Texans, J. J. Watt arrecadou mais de US$ 40 milhões para ajudar as vítimas do Harvey. Ele foi homenageado com o Prêmio Laureus Sporting Inspiration por seu trabalho.

12. RETRIBUIÇÃO (2016) – Ellie Marks, Natação
Enquanto se preparava para participar dos 2014 Invictus Games em Londres, Ellie Marks contraiu uma infecção respiratória grave, que forçou os médicos do Papworth Hospital a colocá-la em coma induzido por dez dias. A extrema determinação e perseverança na recuperação, fez com que Marks participasse e vencesse todas as suas quatro provas de natação nos Invictus Games de 2016, em Orlando. Ao receber sua medalha de ouro no estilo livre, das mãos príncipe Harry, ela pediu que ele a entregasse à fantástica equipe NHS do Hospital Papworth, que salvou sua vida.

13. TAL PAI, TAL FILHO (2017) - Mick Schumacher, Automobilismo
Em dezembro de 2013, o lendário piloto de automobilismo, Michael Schumacher sofreu uma lesão cerebral traumática. Embora a Alemanha inteira esteja preocupada com ele, seu filho, Mick Schumacher, dá continuidade ao legado do pai nas pistas. A corrida de exibicão, na pista em que Schumacher pai conquistou quatro das suas 91 vitórias na Fórmula 1, está sendo realizada para marcar o 15º aniversário do seu sucesso em 2004. "Acho incrível dirigir este carro em Hockenheim. O F2004 foi um carro fantástico, com 15 vitórias e dois títulos de campeonato em uma temporada que pode ser considerada como o ponto culminante de um período de ouro, disse Mick.

14. MENSAGEM DE RESPEITO (2018) - Seleção Nacional de Futebol Masculina do Japão, Futebol
Após estar vencendo a Bélgica por 2 a 0 em uma partida da Copa do Mundo da FIFA, a Seleção Nacional de Futebol Masculino do Japão acabou perdendo o jogo por 2 a 3. Os jogadores e torcedores ficaram emocionalmente arrasados. No entanto, apesar da derrota, os japoneses mantiveram a postura e respeitosamente se curvaram diante dos colegas belgas. E no vestiário, fizeram a limpeza antes de voltar para casa. Deixaram até mesmo um bilhete agradecendo à Rússia por sediar uma Copa do Mundo maravilhosa.

15. UM MOMENTO, UMA NAÇÃO (2000) - Cathy Freeman, Atletismo
A atleta australiana e membro da Academia Laureus, Cathy Freeman, foi a primeira aborígine a competir nas Olimpíadas e a primeira a portar a bandeira aborígine em um evento esportivo. Freeman acendeu a chama olímpica nas Olimpíadas de 2000 em Sydney e conquistou uma medalha de ouro nos 400 metros naqueles Jogos. Ela se tornou um símbolo – não apenas para a comunidade aborígene – mas como uma nova e moderna Austrália.

16. SURFANDO NA ONDA (2014) - Bethany Hamilton, Surfe
Em 2003, aos 13 anos de idade, Bethany Hamilton perdeu o braço esquerdo após ser atacado por um tubarão. Apenas alguns meses após o ataque, a adolescente estava de volta em cima de uma prancha de surfe e se apresentando de forma competitiva. Ela conseguiu um lugar na equipe norte-americana. Com muito trabalho e determinação, somente em 2014 venceu a sua primeira grande competição, a terrível Pipeline. Hamilton não recebeu privilégio ou assistência especial para superar as ondas fortes e ainda assim conseguiu derrotar um grupo de surfistas talentosas.

17. CORRENDO O MUNDO (2019) – Nick Butter, Athletics
Em novembro de 2019, Nick Butter se tornou a primeira e única pessoa a correr uma maratona completa em todos os países do mundo - e em apenas 23 meses! Inspirado por seu amigo Kevin Webber, que foi diagnosticado com câncer de próstata, Nick deixou o emprego para embarcar no desafio de uma vida - correr uma maratona em todos os 196 países reconhecidos pelas Nações Unidas, arrecadando dinheiro para o câncer de próstata no Reino Unido. Nick completou o feito incrível em 10 de novembro de 2019, compartilhando um momento emocional com Kevin enquanto eles cruzavam a linha de chegada na Grécia juntos.

18. ESPORTIVIDADE INFANTIL (2016) - Time U12 Boys do Barcelona, Futebol
Vencedor do Momento Esportivo Laureus de 2017
A equipe de meninos sub-12 do Barcelona provou que o futebol é realmente um jogo de cavalheiros após serem vistos consolando seus rivais japoneses ao derrotá-los por 1 a 0 na final do Junior Soccer World Challenge. Os jogadores de Omiya Ardija pareciam abalados com o apito final, enquanto o Barcelona comemorava. Não demorou muito para que os garotos do Barcelona notassem e corressem para abraçar seus rivais em uma demonstração comovente de espírito esportivo.

19. MÃO DO FAIR PLAY (2012) - Miroslav Klose, Futebol
Miroslav Klose, jogador alemão de futebol, estava jogando pelo Lazio na Serie A da Itália em 2012 contra o Napoli, quando subiu para cabecear a bola nos primeiros momentos do jogo. A bola saiu em espiral de sua mão, balançou a rede e o gol foi validado pelo árbitro. Enquanto a maioria dos jogadores continuava como se nada houvesse acontecido, Klose foi honesto. Ele disse admitiu ao árbitro que havia tocado a mão na bola. O gol foi anulado e o Napoli venceu por 3 a 0.

20. ZANARDI NO VOLANTE (2016) - Alex Zanardi, paraciclismo
O ex-piloto de Fórmula 1 Alex Zanardi ganhou uma medalha de ouro paralímpica na véspera da aniversario de 15 anos do acidente de automóvel que antecedeu à amputação de suas pernas. O então paraciclista de 49 anos, que ganhou duas medalhas de ouro em Londres 2012, terminou em primeiro lugar no contra-relógio H5 no Rio de Janeiro. “O Estádio Olímpico está hoje naquele pedaço de terra em que havia um circuito IndyCar, local onde conquistei a minha primeira pole position - para um cara romântico como eu, isso é muito especial, disse Zanardi”.

Com informações de globoesporte.globo.com

Visitas no Site

0012315418
HojeHoje78
OntemOntem1063
Esta SemanaEsta Semana1060
Este MêsEste Mês18377
Todos os diasTodos os dias12315418

Who's Online

Temos 227 visitantes e Nenhum membro online