Rede Vipgospel - todas logos
VIP JOVEM (Santidade, Relacionamento, Guia Profissional e Drogas)
  • Prev
É normal de vez em quando sentir aquela preguiça de se ajoelhar e orar, né? Ou ...
Eu lembro que quando criança via meus pais se abraçando, elogiando um ao outro, ...
A administração financeira serve para manusear da melhor forma os recursos ...
O que fazer com ela? Não é novidade que infortúnios acontecem. Talvez ...

Duilio Monteiro Alves e o gerente Vilson Menezes na Arena — Foto: Marcos Ribolli

O Athletico pedia inicialmente 6 milhões de euros por 50% dos direitos econômicos do atleta. Para Duílio, valores muito altos para o Timão.

– Hoje não existe possibilidade de negócio com ele, o Corinthians não vai fazer essa investida (...) No mundo do futebol não se sabe o dia de manhã, não dá para descartar nada.

Daqui seis meses ele vem, um ano, e eu saio como mentiroso, mas tem que tomar muito cuidado com o que diz para não gerar expectativa na torcida. No momento, o Corinthians não pretende fazer esse investimento, está encerrado aí, mas não quero cravar, as coisas mudam rápido.

Duílio Monteiro Alves admite que será difícil de o Corinthians conseguir inscrever um reforço para a posição para a segunda fase da Libertadores, que tem início em 5 de fevereiro. A data-limite é sábado, dia 1º, e, segundo o dirigente, não há nada adiantado com nenhum atleta.

– Analisamos outros nomes, chegam diariamente, ainda mais sabendo que queremos para essa posição, mas não quero revelar nomes porque pode atrapalhar negociações, mas estudamos sim.

Regularização de Cantillo
O Corinthians acertará nesta semana a primeira parcela do pagamento de Victor Cantillo ao Junior Barranquilla, da Colômbia, como indicou o presidente Andrés Sanchez na quinta-feira.

A demora na regularização do reforço, segundo Duílio, não tem relação com uma possível falta de pagamento no valor de 1 milhão de dólares (R$ 4,1 milhões) ao clube colombiano.

– Isso não existe, Cantillo não vai regressar (para o Junior Barranquilla). Existe a parte burocrática, acredito que até amanhã (sexta) já vai estar resolvido e ele terá o nome no BID. A gente teve algumas coisas de contrato, de pagamento de remessa de dinheiro, parte burocrática com jogador de fora do país. O contrato também não prevê que tem que ser pago para ser liberado, mas temos a obrigação e vamos cumprir – garantiu.

Operação Luan

Duílio mais uma vez foi perguntado sobre como foi a operação para a contratação de Luan, que envolveu 5 milhões de euros (R$ 22 milhões) via Banco BMG, o patrocinador máster do clube. O diretor disse que os detalhes ainda serão melhor revelados.

– A gente tem um acordo com o banco, é um parceiro nosso, temos campanhas de publicidade para alcançar ainda e explicaremos melhor. Eles nos ajudaram a trazer, gosto muito dele, é decisivo, vai nos ajudar bastante. Mas a parte do pagamento vocês vão saber quando sair a campanha toda, nosso marketing vem trabalhando com o banco – afirmou.

Questionado se o banco poderá investir mais dinheiro em reforços, como poderia ter feito com Michael, do Goiás, o dirigente disse que não existe nada acordado para isso.

– Não existe essa conversa com o banco, foi só esse caso específico do Luan. Mas é um parceiro nosso, nada impede que no futuro tenhamos algo com esse patrocínio, mas hoje não.

Com informações de globoesporte.globo.com

Visitas no Site

0012348301
HojeHoje784
OntemOntem836
Esta SemanaEsta Semana680
Este MêsEste Mês21310
Todos os diasTodos os dias12348301

Who's Online

Temos 176 visitantes e Nenhum membro online