dip

O maior evento nacional e interdenominacional de oração pela Igreja Perseguida, o Domingo da Igreja Perseguida (DIP), é realizado todos os anos em uma data específica, que coincide com o início da perseguição à igreja, segundo Atos 4.

Neste ano, o evento seria em 7 de junho. No entanto, devido à pandemia da Covid-19, as mediadas de restrição e contato social, o evento teve de ser adiado.

A nova data, segundo a Portas Abertas – organização que promove o evento em milhares igrejas no Brasil – o DIP será realizado no dia 13 de setembro.

E os preparativos para esse grande dia de oração continuam. Já são quase 10 mil igrejas cadastradas em todo o país. Segundo Marco Cruz, secretário-geral do ministério, o adiamento do evento dá oportunidade de mais igrejas participarem do DIP.

“As igrejas terão ainda mais tempo para se cadastrar e preparar um grande evento em sua comunidade, causando grande impacto à Igreja Perseguida”, afirma.

Cristãos ex-muçulmanos
O tema continua o mesmo: cristãos ex-muçulmanos, que representam a maior parcela dos cristãos perseguidos em todo o mundo. Dos 50 países da Lista Mundial da Perseguição 2020 – que classifica os países que mais perseguem cristãos no mundo – 41 tem a opressão islâmica como fonte de perseguição.

“Isso significa que a maioria dos nossos irmãos vive em contexto quase que totalmente muçulmano”, explica Cruz.

O maior evento nacional e interdenominacional de oração pela Igreja Perseguida, o Domingo da Igreja Perseguida (DIP), é realizado todos os anos em uma data específica, que coincide com o início da perseguição à igreja, segundo Atos 4.

Neste ano, o evento seria em 7 de junho. No entanto, devido à pandemia da Covid-19, as mediadas de restrição e contato social, o evento teve de ser adiado.

A nova data, segundo a Portas Abertas – organização que promove o evento em milhares igrejas no Brasil – o DIP será realizado no dia 13 de setembro.

E os preparativos para esse grande dia de oração continuam. Já são quase 10 mil igrejas cadastradas em todo o país. Segundo Marco Cruz, secretário-geral do ministério, o adiamento do evento dá oportunidade de mais igrejas participarem do DIP.

“As igrejas terão ainda mais tempo para se cadastrar e preparar um grande evento em sua comunidade, causando grande impacto à Igreja Perseguida”, afirma.

No site do DIP, a igreja pode se cadastrar para receber o acesso ao conteúdo exclusivo e todo material de apoio para realizar o dia de oração em setembro. O material disponível tem o objetivo de ir preparando a igreja, com dicas de estudos, vídeos, apresentações, material infantil e outros.

Se você ainda não se cadastrou, essa é sua chance! Seja um organizador do DIP e envolva sua igreja com a parte do corpo de Cristo que desfruta da mesma fé que a igreja brasileira, mas não da mesma liberdade. É sua vez de fazer a diferença! Cadastre-se agora mesmo!


Fonte: Gospel Prime