Rede Vipgospel - todas logos
VIP JOVEM (Santidade, Relacionamento, Guia Profissional e Drogas)
  • Prev
Há cerca de um ano uma palavra se tornou dolorosamente comum entre nós brasileiros. ...
A maioria de nós já passou por um período em que a vida parecia estagnada e ...
*O trecho abaixo foi extraído com permissão do livro 8 Mulheres de Fé, de ...
O que fazer com ela? Não é novidade que infortúnios acontecem. Talvez ...

Em entrevista na saída do Palácio da Alvorada na manhã desta segunda-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar das medidas que estão sendo tomadas em razão do surto de coronavírus e aproveitou para questionar algumas estratégias estaduais.

Em sua fala, o presidente ressaltou que as decisões, especialmente na área econômica, precisam ser tomadas de forma a evitar que muitos empregos sejam perdidos. A fala faz referência à críticas já feitas por ele, recentemente, aos governadores João Doria e Wilson Witzel por medidas consideradas “excessivas”.

– A dose do remédio não pode ser excessiva, de modo que o efeito colateral seja mais danoso que o próprio vírus. Empregos estão sendo exterminados, especialmente daqueles que vivem da informalidade. Tem algumas autoridades que estão ministrando remédios em excesso – ressaltou.

Em contraste ao recado dado aos governadores, o chefe do executivo elogiou o trabalho dos ministérios que, segundo ele, estão buscando, incessantemente, estratégias para tentar reduzir os impactos causados pelo vírus ao povo.

– Todos os ministérios têm trabalhado incessantemente. Todos trabalham, sem exceção. Conto com ministérios de qualidade, pessoas competentes, pessoas abnegadas que estão se entregando para encontrar solução para esse problema – disse.

O presidente também falou da medida provisória que permite que empresários suspendam os contratos de trabalho por quatro meses. Na opinião dele, a MP faz com que empregos sejam preservados.

– [A medida] Flexibiliza mais ainda a CLT, diminui a data do aviso prévio, permite que se entre em férias agora, que é melhor que ser demitido. Outras medidas ainda estão sendo tomadas – destacou.

Com informações de pleno.news

Visitas no Site

0012392904
HojeHoje34
OntemOntem1418
Esta SemanaEsta Semana8355
Este MêsEste Mês4026
Todos os diasTodos os dias12392904

Who's Online

Temos 377 visitantes e Nenhum membro online